Planejamento Previdenciário

IBN-site-548x277-n

Planejamento Previdenciário

Planejamento Previdenciário

O planejamento previdenciário é o estudo do caso concreto para se obter uma melhor orientação acerca do benefício mais vantajoso possível para fins de uma aposentadoria futura. Neste estudo, deve-se levar em consideração diversos fatores, tais como idade, tempo de serviço, histórico de contribuições, nível médio de renda familiar, outras fontes de renda e de previdência complementar, tudo isso atrelados à legislação previdenciária e à possibilidade de se planejar com a antecedência necessária sua aposentadoria.

Esta consultoria em planejamento previdenciário busca demonstrar as alternativas de aposentadoria pelo Regime Geral da Previdência Social no presente, projetando-as no futuro com a adequação das contribuições, bem como a elaboração de cálculo para simulação do valor da renda mensal do benefício, visando sempre a obtenção do benefício mais vantajoso para cada caso.

Deve-se levar em consideração que além das diferentes regras de aposentadoria atuais, temos em vigor desde dezembro de 1999 o famoso “fator previdenciário” que vem atormentando os segurados do INSS que, com a idade ainda não tão avançada, mas que já possuem tempo de serviço suficientes para a aposentadoria (35 anos para homem e 30 anos para mulher) e verificam que se aposentarão por valores muito abaixo da média de suas contribuições em razão da expectativa de vida, que é o critério que permeia o fator previdenciário, tornando-se um coeficiente na maioria das vezes redutor do valor dos benefícios.

O que se pretende aqui difundir é ideia de uma melhor cultura previdenciária em nosso país, que deve partir já dos jovens que atualmente se encontram no mercado de trabalho. Isto porque, com o aumento da longevidade da população brasileira, exige-se que se faça um planejamento previdenciário de longo prazo, uma vez que, sem um adequado plano de previdência, não há como se obter uma aposentadoria com proventos que garantam a mesma qualidade de vida que se tinha enquanto esteve em sua plena capacidade laborativa.

Por estas razões, alertamos você a iniciar este planejamento de sua aposentadoria, o mais cedo possível, e não somente às vésperas da concessão do benefício, por meio de uma análise minuciosa de seu histórico laboral contributivo e suas expectativas futuras.

voltar ao topo

Informativo - Receba as novidades no seu e-mail